TIPOS DE OPERAÇÕES DE AERÓDROMOS E
HELIPONTOS


Aeródromos e helipontos podem ser abertos ao tráfego aéreo para operações diurnas ou noturnas, visuais ou instrumento. Além dos fatores que condicionam a implantação, as operações dependerão do tipo de equipamento instalado.

OPERAÇÃO DIURNA
Operações conduzidas no período diurno (entre o nascer e o pôr do sol).

OPERAÇÃO NOTURNA
Operações conduzidas no período noturno (entre o pôr do sol e o nascer).

OPERAÇÃO VISUAL - VFR (Visual Flight Rules) - VMC (Visual Meteorological Conditions)
Operações conduzidas acima de mínimos meteorológicos estabelecidos, sendo essencial o contato visual com o solo e obstáculos, podendo ocorrer no período diurno (VFR DIURNO) ou noturno (VFR NOTURNO).

OPERAÇÃO INSTRUMENTO - IFR (Instrument Flight Rules) - IMC (Instrument Meteorological Conditions)
Operações conduzidas dentro de limites meteorológicos estabelecidos, onde são permitidos segmentos sem contato visual externo, podendo ser no período diurno (IFR DIURNO) ou noturno (IFR NOTURNO).