AEROPORTOS ou AERÓDROMOS, HELIPORTOS ou HELIPONTOS

Qual a diferença entre aeroporto e aeródromo? E entre heliporto e heliponto? Clique aqui e fique sabendo.

O propósito da AERODINÂMICA, dentro do segmento AEROPORTOS, objetiva não só a elaboração de projetos e o gerenciamento da construção destes, mas também a forma adequada de administrá-los e explorá-los de modo rentável.

Os serviços prestados abrangem todas as Fases Recomendadas Para Implantação de Um Aeródromo ou Heliponto:

EQUIPAMENTOS

A AERODINÂMICA está capacitada a selecionar e a indicar, dentre os equipamentos homologados para uso aeronáutico, os mais apropriados ao tipo de operação pretendida para o aeródromo ou heliponto. Desta forma, evita-se que o cliente corra o risco de utilizar equipamentos não homologados pelo Comando da Aeronáutica, o que não só degrada a segurança de vôo, como também suscita a interdição da implantação.

APROVEITAMENTO EM ZONA DE PROTEÇÃO

A AERODINÂMICA presta serviços, incluindo a análise e a assessoria, bem como a elaboração e o acompanhamento de processos específicos, relativos às implantações em zonas de proteção de aeródromos, de helipontos e de auxílios à navegação aérea, visando obter a respectiva autorização ou formalização, junto aos órgãos competentes do Comando da Aeronáutica.

Qualquer construção que fira o gabarito de uma zona de proteção é suscetível de embargo, sendo altamente recomendável um estudo preliminar a luz da Portaria No 1141/GM5, de 8 de dezembro de 1987. Segundo esta portaria torres (torres de telefonia celular, torres de comunicações, torres de transmissão), antenas, postes e cabos são implantações particulares, devido ao risco que causam à segurança de vôo, pela baixa visibilidade.

Clique para saber mais sobre: